Em entrevista, Secretária de Saúde fala sobre Fake News e suporte médico durante pandemia - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie Aqui

11 de junho de 2020

Em entrevista, Secretária de Saúde fala sobre Fake News e suporte médico durante pandemia


O Portal Bereu News entrevistou à Secretária de saúde do município de Conceição do Jacuípe, Sra. Zenaildes Lisboa, que esclareceu situações referente aos últimos acontecimentos. A informação foi colhida nesta quarta-feira (10/06).


Horário de atendimento, fake news, erros no registro de casos de Covid-19 e outros assuntos foram explicados. Confira:


  • "O posto do centro está funcionando como unidade de suporte com horário estendido, das 08 às 22h com equipe completa, médicos, enfermeiros, técnico de enfermagem, e demais profissionais de Saúde. Para que não precise se deslocar para o Hospital Municipal ACM, a unidade está servindo como retaguarda no fluxo pequeno, nos casos de sintomas gripais leves, ou moderado que não tenha risco de gravidade. Em casos mais graves, que seja necessário internação de pacientes com risco de intubação, ventilação mecânica ou qualquer outro meio que assegure a vida do paciente, a unidade está aberta para prestar atendimento", explica.


Ao citar a suposta morte por Covid-19 divulgada por uma mídia local, perguntamos. Quais medidas estão sendo adotadas para evitar informações contraditórias?

  • "Tenho me surpreendido tantas publicações de notícias falsas, e na verdade não entendo qual interesse. Quando fazem uma publicação com notícias falsas, nós enquanto órgão gestor, não tem a necessidade nem a intenção de esconder dados, todos os dados que são publicados baseados em dados reais e dados oficiais; então assim, não poderia publicar naquele instante que houve o óbito, que aquele caso era negativo ou positivo, por que para isso precisava do resultado do exame, e não sei qual foi a fonte que usaram para que esse site de forma precipitada tenha afirmado que houve um óbito por Covid-19 no hospital. Então o que estamos fazendo é entrando com ações judiciais, notificações extraoficiais para que as pessoas tenham consciência que isso só traz prejuízo pra uma pessoa que não é a gestão. A população, fica aterrorizada, assustada e entram em desespero, e esa não é a nossa intenção. Nossa intenção é passar dados que sejam verdadeiros, esse é o nosso trabalho, de forma que respeite a lisura, o compromisso e responsabilidade, então acho que essas coisas realmente devem ser coibidas desta forma", respondeu.

Ainda outro fator importante abordado, foi a diferença dos números do Governo do Estado e os da Prefeitura de Conceição do Jacuípe, sendo que a secretária atribuiu as falhas ao Governo do Estado, onde este notifica casos que não existiram em determinada cidade, atribuindo a cidades erradas. Segundo a Secretária, essas falhas devem ser explicadas pelo Governo da Bahia.

Post Bottom Ad

Anuncie Aqui

Páginas