Perfis de Sara Winter em três redes sociais são suspensas a pedido da Justiça após ela expor criança vítima de abuso - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Anuncie Aqui

18 de agosto de 2020

Perfis de Sara Winter em três redes sociais são suspensas a pedido da Justiça após ela expor criança vítima de abuso

Perfis de Sara Winter em três redes sociais são suspensas a pedido da Justiça após ela expor criança vítima de abuso

Os perfis da extremista Sara Winter foram suspensos na segunda-feira (17/8) nas plataformas Twitter, Facebook e YouTube após determinação do Tribunal de Justiça do Espírito Santo. A mulher vazou informações sobre a menina de 10 anos que engravidou do próprio tio após ser estuprada.
Uma multa diária no valor de R$ 50 mil estava prevista para cada uma das plataformas caso caso a decisão não se cumprisse. Agora, Sara corre o risco de voltar para a prisão por conta do vazamento de informações. Ao divulgar os dados sigilos da vítima, ela feriu o Estatuto da Criança e do Adolescente.
Winter chegou a divulgar uma nota em defesa da exposição. “Esclarecemos que o nome da menor já vinha sendo amplamente divulgado na plataforma Twitter o qual pode ser acessado por qualquer internauta”.
No Twitter, um perfil fez uma publicação contendo diversas informações pessoais da militante, incluindo endereços, telefones e dados bancários. Entre os dados que mais chamaram a atenção dos internautas estão uma tatuagem de símbolo nazista que foi transformada em flor.

Post Bottom Ad

Anuncie Aqui

Páginas