Criança de 7 anos é morta durante ação da PM em Salvador; "muita brutalidade", diz avô - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

Quer alavancar seu empreendimento? Anuncie sua marca aqui

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

9 de novembro de 2020

Criança de 7 anos é morta durante ação da PM em Salvador; "muita brutalidade", diz avô


Um menino identificado como Railan Santos da Silva, que havia acabado de completar apenas 7 anos, foi morto com um tiro no peito na manhã de domingo (8/11) enquanto acompanhava uma partida de futebol no bairro do Curuzu, em Salvador. O fato foi registrado na Rua Nelson Maleiro.

Testemunhas relataram que a criança foi alvejada durante um tiroteio envolvendo policiais militares. Na rua onde tudo aconteceu, há marcas de tiros em postes, carros e paredes. O avô da vítima, Paulo Dionísio, falou com exclusividade, e relatou que pessoas que acompanhavam a partida de futebol sustentam que os militares, lotados na 37ª Companhia Independente (CIPM/Liberdade), já chegaram atirando.

"Uma 'criancinha' ainda, uma 'criancinha' tranquila e acontece uma tragédia dessa. Um absurdo. Eu não entendo como a polícia age desta maneira. Eu não estava presente, mas dizem que não houve troca de tiros. Eles [policiais] vieram atrás de uma pessoa e começou um tiroteio, com eles atirando. Há marcas de balas em tudo quanto é canto. Os policiais voltaram recolhendo as cápsulas de bala do chão. É uma prova de que foi muita brutalidade".

"Ele estava assistindo o futebol sentadinho ali [aponta] quando a polícia apareceu. Uma barbaridade! Os policiais foram muito inocentes, sem preparo praticamente", desabafou o idoso, que viu Railan pela última vez poucas horas antes da tragédia.

VERSÃO OFICIAL

Em nota, a PM relatou que, por volta das 10h40, equipes da 37ª CIPM realizavam rondas na Rua dos Frades, sendo que na avenida principal estava havendo uma partida de futebol. Os populares levantaram a rede usada como alambrado para as viaturas passarem e, naquele momento, diversos suspeitos dispararam contra a guarnição, enquanto fugiam no sentido contrário ao da concentração de pessoas.

Houve revide por parte da guarnição, contudo, os suspeitos conseguiram fugir do local. Os policiais militares apreenderam quatro estojos de munição 9 mm, dois de munição calibre 45 intactas e um projétil deflagrado. Os agentes envolvidos na ocorrência foram ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa para registrar o caso. No local, os policiais foram informados que uma criança de 7 anos, alvejada no peito, foi atingida e socorrida. 

Ainda por meio de nota, a PM sustentou que "populares relataram que dois indivíduos em uma moto fizeram os disparos". A  3ª  DHPP vai investigar o caso. O corpo da criança deverá ser sepultado na tarde desta segunda-feira (9/11) no cemitério Quinta dos Lázaros, na Baixa de Quintas. Os militares envolvidos na ação já foram ouvidos pelos investigadores, assim como as testemunhas, segundo a Polícia Civil. 

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco