Justiça manda soltar dois dos três homens que fizeram falso sequestro em Salvador - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad


Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

13 de janeiro de 2021

Justiça manda soltar dois dos três homens que fizeram falso sequestro em Salvador


A juíza Ivana Carvalho Silva Fernandes, do Tribunal de Justiça da Bahia, mandou libertar dois dos três homens presos pelo falso sequestro com refém no bairro de Sete de Abril, em Salvador. Além deles, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), um adolescente participou da ação e foi apreendido. O caso aconteceu na tarde de domingo (10/1) e movimentou um grande aparato da Polícia Militar. 

Segundo documento obtido pela reportagem, a magistrada entendeu que o crime foi um "fato isolado" nas vidas de Ítalo Barbosa dos Santos e Ramon Flores Nascimento, que não tinham passagens pela polícia. O terceiro suspeito, Wesley Santos de Santana, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, por ele já ter sido preso em uma outra oportunidade por tráfico de drogas. 

Ainda de acordo com o texto, Wesley está hospitalizado após ter sido baleado na troca de tiros com os policiais militares. Já Ítalo e Ramon, apesar de soltos, vão ter que cumprir algumas regras, como recolhimento domiciliar noturno e proibição de irem à "paredões" ou outras festas. 

"Apesar dos crimes apontados pela representante do Ministério Público, revelarem a potencialidade dos delitos, entendo que muitos pontos ainda estão necessitando de esclarecimentos, devendo ser dirimidos em sede de instrução criminal, a evidência da identificação dos indivíduos que estavam no matagal eram os mesmos que se esconderam no imóvel sem o morador", destaca Ivana em sua decisão. 

CASO 

Policiais militares da 50ª Companhia Independente (CIPM/Sete de Abril) alegam que estavam fazendo um patrulhamento na Rua Adriana Farias, em Castelo Branco, quando foram encurralados em um matagal por cerca de 15 homens armados. 

Após o confronto, quatro deles invadiram um imóvel, dizendo a todo o momento que mantinham uma pessoa refém. O quarteto fez questão de divulgar toda a ação por meio das redes sociais. Após duas horas de negociação, Ítalo, Ramon, Wesley e o adolescente se renderam. 

Duas submetralhadoras, uma pistola e munições foram encontradas e apreendidas. 

Nenhum comentário:

Post Top Ad

Anuncie conosco