Mulher morre e criança fica ferida após ataque a tiros de facção criminosa em Ilhéus


Uma jovem de 19 anos foi morta e uma criança ficou ferida após uma facção criminosa invadir e disparar vários tiros no bairro de Salobrinho, em Ilhéus, no sul da Bahia, na noite de sexta-feira (26). A polícia suspeita que o ataque tenha sido liderado por Elinaldo Souza dos Santos, conhecido como "Sebinho", que queria matar rivais moradores da região.

O caso ocorreu por volta das 18h40, na Rua Professora Terezinha. Giovana dos Santos Vidal estava dentro de casa, quando foi atingida por tiros, segundo informações da polícia. Após o ataque, familiares da vítima foram para a porta da casa dela e, ao olharem por um vitrô, perceberam marcas de sangue. Eles então arrombaram a porta e encontraram Giovana caída ao chão.

Uma criança em outra casa foi atingida na panturrilha esquerda por um tiro. Ela foi socorrida por uma equipe do serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o pronto socorro infantil do Hospital Vida Memorial. Ela não corre risco de morte.


Uma conhecida de Giovana, que não quis se identificar, contou ao G1 que ela estava conversando com uma colega de trabalho, em aplicativo de mensagens, quando ouviu tiros. Giovana então teria aberto a porta, para ver o que estava acontecendo, e foi baleada.

Giovana era casada e tinha uma filha de três anos. O corpo dela será velado em uma padaria do bairro de Salobrinho, cuja dona é tia dela, e pela tarde será enterrada no município de Jussari.

A polícia ainda informou que uma segunda pessoa foi encontrada morta no Rio Salobrinho, e que a suspeita é de que o corpo seja de um dos criminosos que teria tentado atravessar o rio para atacar rivais, mas que acabou morrendo afogado.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem