Em conversa vazada, Bolsonaro pede inclusão de prefeitos e governadores em CPI; "relatório sacana"


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu ao senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), em conversa gravada e publicada pelo congressista em redes sociais neste domingo (11/4), para ampliar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid e apurar a conduta de prefeitos e governadores. Durante a chamada, Bolsonaro afirmou ter receio de que o relatório da CPI da Covid seja "sacana".


"Se não mudar a amplitude, a CPI vai simplesmente ouvir o Pazuello, ouvir gente nossa, para fazer um relatório sacana. Tem que fazer do limão uma limonada. Por enquanto, é um limão que tá aí. Dá para ser uma limonada", afirmou Bolsonaro ao senador. Em resposta, Kajuru afirmou que irá se "esforçar".


Bolsonaro também disse que o objetivo do autor da CPI é "investigar as omissões do Governo Federal na Covid". E que o senador deveria se mobilizar para apurar a conduta de governadores e prefeitos.


"A CPI hoje é para investigar omissões do presidente Jair Bolsonaro, ponto final. Quer fazer uma investigação completa? Se não mudar o objetivo da CPI, ela vai vir só pra cima de mim. O que tem que fazer para ser uma CPI que realmente seja útil para o Brasil? Mudar a amplitude dela. Bota governadores e prefeitos. Presidente da república, governadores e prefeitos", disse o mandatário.


Na conversa, Bolsonaro pressionou o senador Jorge Kajuru a fazer pedidos de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).



CPI DA COVID

Na quinta-feira (8/4), o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, determinou a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito da pandemia do coronavírus.


O objetivo dela é acompanhar a gestão do governo e investigar eventuais omissões no enfrentamento da crise sanitária causada pela Covid-19. A análise do STF sobre a instalação da CPI será feita nesta quarta-feira (14).

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem