Bruno diz que encontro com Rui para falar sobre Carnaval foi adiado por conta de nova variante e avalia saída de Léo da SMS - BEREU NEWS

Últimas Notícias

Post Top Ad

ANUNCIE SUA EMPRESA CONOSCO

2 de dez. de 2021

Bruno diz que encontro com Rui para falar sobre Carnaval foi adiado por conta de nova variante e avalia saída de Léo da SMS


O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), voltou a falar sobre a polêmica da realização ou não do Carnaval. Nesta quinta-feira (2/12), durante a oficialização da candidatura de ACM Neto (DEM) ao Governo do Estado, o gestor municipal reforçou que precisa conversar com governador Rui Costa (PT). 

A discussão, segundo Bruno Reis, foi adiada por conta da nova variante. "Essa conversa iria acontecer agora, mas diante do que está acontecendo estamos avaliando, aguardando mais um pouco, aguardando as respostas em relação a essa nova variante pra gente ter um cenário melhor pra poder decidir", explicou.

A variante ômicron, citada pelo prefeito, foi alvo de um alerta da Organização Mundial de Saúde. "Diante dos novos fatos, tenho que avaliar, temos que esperar um pouco mais, principalmente quais são as respostas que nos teremos em relação à nova variante que surgiu: se ela é mais contagiante ou não, mais agressiva ou não". 

 

Bruno, porém, sustentou que a decisão será conjunta. "Ele disse que me procuraria e eu estou a disposição, também o procurei, e tenho certeza, pelo menos essa é a minha disposição, de que a gente poderá sentar e tomar essa decisão em conjunto, que é tão importante para a economia da cidade, do estado. Mas sempre respeitando a vida, sempre com a responsabilidade que nós temos que ter diante do momento, então qualquer evento que venha a ser realizado tem que ser feito com toda a segurança, se ele for possível de acontecer", respondeu à reportagem. 

O democrata lembrou que, desde o começo da pandemia, os governos municipal e estadual têm tomado decisões conjuntas. "Nós tomamos as decisões juntos lá atrás, em relação às medidas de isolamento social e de flexibilização. O Carnaval, pela importância que tem, é um evento que não é só realizado pela Prefeitura. A Prefeitura não tem como realizar sozinha, como também o estado não tem condições de realizar sozinho. Então espero que a gente tenha a oportunidade de conversar", enfatizou.


LÉO PRATES

Bruno Reis falou ainda sobre a provável candidatura de Léo Prates, atual secretário de Saúde de Salvador. Para se candidatar ao cargo de deputado nas eleições 2022, é necessário que ele abdique do cargo atual. Prates pensou em se candidatar à Prefeitura em 2020, mas depois decidiu que não era o momento para lançar sua candidatura.

"Ele adiou, em nome do compromisso com a cidade, seus sonhos pessoais pra continuar secretário [de saúde]. E, agora que os números estão caindo, mesmo com a chegada da nova variante, ainda não há impacto no sistema de saúde. A pandemia está administrada, todos os procedimentos padrões já estão definidos. Então, a gente vai ver qual o momento melhor para deixar a secretaria", afirmou Reis.

 

O prazo legal é que os candidatos saiam dos cargos comissionados pelo menos seis meses antes das eleições, mas o prefeito não confirmou se a saída de Léo Prates já está prevista.

"Ainda não defini com Léo a saída, a data, muito menos quem irá sucedê-lo. A gente tem datas que são obrigações legais, que são seis meses antes das eleições pra quem ocupa o cargo de secretário disputar a eleição. Então, até lá, a gente vai discutir o melhor momento e se for a hora dele seguir o sonho dele", brincou.

Sobre a substituição, o gestor não especificou os candidatos. "Nós temos nomes na nossa equipe e nomes fora da nossa equipe que têm qualificação pra dar continuidade a esse trabalho", defendeu

Nenhum comentário:

Post Top Ad

ANUNCIE CONOSCO