Últimas Notícias


Polícia investiga se traficante teria matado dona de bar por frequência de policiais em estabelecimento


Imagens de um homem estão circulando nas redes sociais apontando-o como um dos autores. Segundo Rodolfo Faro, esse homem está sendo procurado.

 
A Polícia Civil de Feira de Santana investiga se a morte de Elisangela Silva Santos, de 33 anos, ocorrida na tarde de domingo (13), em um bar e restaurante de sua propriedade, localizado na Rua Andorinha, no bairro Alto do Papagaio, pode ter sido praticada por um traficante, que segundo informações, estaria insatisfeito com a presença de policiais no estabelecimento da vítima.
 

De acordo com o delegado Rodolfo Faro, titular da Delegacia de Homicídio de Feira, há informações de que o crime tenha ocorrido porque o bar era muito frequentado por policiais da área, que costumavam fazer refeições no local.

“Recebemos o relatório do local do crime, que foi feito pela equipe do plantão regional, e estamos agora em contato com testemunhas e familiares que presenciaram o crime para apurar as informações até então fornecidas, ainda não confirmadas, sobre a autoria e a motivação, que supostamente teria sido uma represália pelo fato da vítima ter um estabelecimento comercial frequentado por policiais. Porém, essas informações carecem de comprovação”, informou o delegado.

 

Imagens de um homem estão circulando nas redes sociais apontando-o como um dos autores. Segundo Rodolfo Faro, esse homem está sendo procurado.

“Os autores chegaram em um veículo e um deles desembarcou do banco do carona e atirou contra a vítima. A polícia já se encontra à procura de um dos suspeitos, cuja foto circula nas redes sociais. Vamos ouvir os familiares, após a vítima ser enterrada.”

 

A comerciante morava na parte de cima do estabelecimento onde foi assassinada. A vítima foi alvejada com três tiros. Ela chegou a ser socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Mangabeira, mas chegou sem vida por volta das 16h. O levantamento cadavérico foi realizado na unidade de saúde pela delegada Dorean dos Reis Soares.

A vítima foi atingida por tiros no pescoço, braço e tórax. 

 

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem