No 1º trimestre de 2022, Bahia registra mais de 1.200 mortes violentas

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a estatística é 12,6% menor se comparada com o mesmo período do ano passado 


O estado da Bahia registrou, no primeiro trimestre deste ano, 1.277 mortes violentas. A estatística foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) na manhã deste sábado (2). Os Crimes Violentos Letais e Intencionais correspondem a homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte. Na prática, os dados indicam redução de 12,6%, se comparado com mesmo período de 2021.



Entre 1 de janeiro e 31 de março deste ano, 184 vidas foram preservadas, saindo de 1.461 para 1.277 crimes contra a vida. Em Salvador foi contabilizada uma redução de 16,7% do mesmo número. Foram computadas 365 no ano passado contra 304 em 2022, menos 61 ocorrências. Nas cidades do interior do estado houve uma redução de 14%.

 

"A tendência de queda vem sendo observada desde outubro do ano passado. Este é o resultado do empenho das forças que compõem a pasta", destacou o secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem