Header Ads

Caso Cristal: suspeita de envolvimento na morte de adolescente diz que tiro fatal veio de "um cara na moto"

Caso Cristal: suspeita de envolvimento na morte de adolescente diz que tiro fatal veio de "um cara na moto"; confira

 

Em vídeo obtido pela reportagem do Portal Bereu News, uma das suspeitas de envolvimento na morte da adolescente Cristal Pacheco, de 15 anos, no bairro do Campo Grande, afirma que o tiro que matou a menina veio de uma terceira pessoa - e não dela nem de outra suspeita.

Nas imagens, Gilmara Brito, também conhecida como Mara, presa no mesmo dia do crime, essa segunda-feira (2/8), diz que estava de costas e que um "cara de moto" que atirou. "Agarrou aqui [mostra o braço machucado]. Acho que foi essa mesma bala que acertou a menina", contou, aos prantos.

 



Segundo a suspeita, , ela estava no Campo Grande, de manhã, quando a outra suspeita, de apelido 'Neguinha', chamou-lhe para fumar. Ainda de acordo com Mara, a comparsa estaria com uma arma de papelão, e não uma verdadeira.

"Quando pensa que não, passa a mulher (mãe de Cristal), duas ou três mulheres, e ela [Neguinha] puxou o negocio de papelão. Aí o cara da moto passou e meteu a bala que 'garrou' em mim. Só foi um tiro só. Não tenho nenhuma [arma]. Era [arma] de papelão", afirma.



VEJA ABAIXO

 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.