Últimas Notícias


Líderes nas pesquisas na Bahia, Neto e Jerônimo receberam mais de R$ 5 milhões do fundo eleitoral


 

Líderes nas pesquisas de intenção de voto para o Governo da Bahia, ACM Neto (União) e Jerônimo Rodrigues (PT), respectivamente, foram os únicos candidatos, até esta segunda-feira (22/8), a divulgar as doações recebidas para suas campanhas nesta fase da campanha. Ao todo, eles receberam mais de R$ 5 milhões do fundo eleitoral - mais especificamente R$ 5.307.761,23.

Segundo informações disponibilizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por meio da plataforma DivulgaCand, até o momento, 100% dos recursos recebidos pela campanha de Neto são oriundos do fundo de financiamento. Foram R$3.557.761,23 do diretório nacional do União Brasil, partido ao qual o ex-prefeito de Salvador é filiado.

Jerônimo, por sua vez, recebeu R$ 1,75 milhão do PT. O montante representa 97,6% dos R$1.792.845,00 disponibilizados até o momento para a campanha do petista.

O restante da verba recebida pelo candidato do PT foi doada pelos secretários Carlos Mello (Casa Civil) e Adélia Pinheiro (Saúde), que, respectivamente, destinaram R$ 35 mil e R$ 1 mil. O diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Lima, destinou R$ 5 mil à candidatura petista. Os outros R$ 1 mil foram doados por Rosangela Carvalho de Melo.

Os demais candidatos não divulgaram, ainda, as prestações de contas da campanha. São eles: João Roma (PL), Kleber Rosa (PSOL), Giovani Damico (PCB) e Marcelo Millet (PCO).

FUNDO ELEITORAL


O Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) é um fundo público destinado ao financiamento das campanhas eleitorais dos candidatos, previsto nos artigos 16-C e 16-D da Lei nº 9.504/1997. Para este ano, o valor previsto pelo orçamento sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) é de R$ 4,9 bilhões.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem