Últimas Notícias


 

Libanesa que roubou banco é tida como heroína nas redes sociais; crime foi para pagar tratamento de irmã


Uma mulher, acusada de roubar um banco, conseguiu a proeza de não ser taxada como criminosa, mas como heroína - pelo menos nas redes sociais. Identificada como Sali Hafiz, de 28 anos, ela praticou o roubo sob a justificativa de arrumar dinheiro para o tratamento de sua irmã.

O caso aconteceu na última quarta-feira (14/9). Ela foi até uma agência bancária onde tem conta, em Beirute, capital do Líbano. Após iniciar uma live pelo Facebook, a mulher tentou “assaltar” sua própria conta bancária. Isso porque o país passa por uma grave crise financeira e os saques bancários são limitados.

Após entrar com alguns comparsas, ela anunciou o assalto e exigiu o valor que tinha na conta. Com uma arma de brinquedo em mãos, a gravação que durou por volta de 50 minutos, mostra a mulher agindo e até em cima de uma mesa.

"Meu nome é Sali Hafiz, vim hoje (...) recolher os depósitos da minha irmã que está morrendo no hospital", diz ela. "Não vim para matar ninguém ou iniciar um tiroteio. (...) Vim reivindicar meus direitos", completa.

Na semana passada, um homem também foi ovacionado por internautas após roubar um banco para conseguir sacar uma quantia de R$ 1 milhão, em ativos congelados pelas empresas bancárias.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem