Header Ads

Em estreia com gol anulado, seleção anfitriã perde de 2x0 para Equador

   Reprodução
 

Catar foi o primeiro anfitrião derrotado na história dos mundiais

Sem tradição na disputa em Copas do Mundo, o Catar se tornou, neste domingo (20), o primeiro anfitrião a ser derrotado em uma estreia de Mundial. No jogo que abriu a competição, os donos da casa levaram 2x0 do Equador, que contou com a estrela do capitão Enner Valencia. Foram do atacante os dois gols da partida, marcados de pênalti e de cabeça, ambos na primeira etapa, para garantir a vitória no duelo disputado no Al Bayt, na cidade de Al Khor, onde foi realizada a cerimônia de abertura e palco da festa da torcida equatoriana, que estava em minoria, mas se sobressaiu no volume.


Você viu? ''Estão lesando da gente'': Prefeito de Amélia Rodrigues se recusa a pagar piso salarial da GCM e agentes reivindicam

A vitória no embate inaugural, construída com tranquilidade, mostra não só a fragilidade dos catarianos, em sua primeira participação em Copas, mas também a força do Equador. O time treinado pelo argentino Gustavo Alfaro garantiu sua vaga na Copa com protagonismo na campanha das Eliminatórias.

Durante a partida, o Equador balançou às redes três vezes, mas o primeiro gol não valeu e foi anulado pelo árbitro italiano Daniele Orsato com o auxílio da tecnologia semiautomática de impedimento, utilizada pela primeira vez no Mundial. O árbitro ergueu o braço para sinalizar a posição irregular do atacante Estrada.



Minutos depois, a Fifa divulgou a análise do lance para mostrar a irregularidade captada pela ferramenta tecnológica no início da partida. Naquele momento, e durante quase todo o primeiro tempo, os equatorianos tiveram amplo domínio diante de um rival com claras limitações técnicas e desacostumado a grandes jogos no cenário mundial.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.