VÍDEO: Pedreiro ateou fogo e enterrou corpo de menina em quintal; acusado conta como praticou o crime


O ajudante de pedreiro Reidimar Silva, de 31 anos, confessou ter matado a menina Luana Marcelo Alves, de 12 anos. Ele ainda afirmou ter tocado fogo e enterrado o corpo da garota. Para não levantar suspeitas sobre o crime, ela ainda acimentou o local. O corpo de Luana foi encontrado na manhã desta terça-feira (29), enterrado na casa do suspeito, que era vizinho dela.

A menina estava desaparecida desde a manhã de domingo (27), quando saiu para comprar pão a cerca de 400 metros de casa, no Setor Madre Germana 2, na capital goiana. De acordo com a Polícia Civil de Goiás (PCGO), o fato de acimentar atrapalhou a busca com cães farejadores.

A menina foi estrangulada. De acordo com a delegada Caroline Borges, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Goiânia, Reidimar também tentou estuprar a adolescente, mas ela se debateu e, por isso, ele resolveu matá-la.

Em vídeo, o homem confessou o crime, veja:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.