Prefeitura reabre leitos exclusivos para covid-19 no Hospital Sagrada Família

      (Luana Lisboa/CORREIO)
 

Ao longo da semana, número de leitos na unidade será ampliado

A prefeitura reabriu o Hospital Sagrada Família neste sábado (3) para atender a demanda dos casos de covid-19 que cresceram em Salvador nas últimas semanas. Inicialmente serão reabertos 20 leitos clínicos (enfermaria), que têm maior demanda de regulação nas UPAs da cidade.


"A diferença de agora para dezembro do ano passado é que as pessoas não estão agravando a ponto de precisar de leitos de UTI. Vamos zerar a fila de pacientes que estão aguardando nas UPAs", explicou o prefeito Bruno Reis. Neste sábado, oito pacientes chegam à unidade, que é gerida pelas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid).


Além dos leitos de enfermaria, até o próximo dia 12 serão abertos 10 leitos de UTI e 10 leitos pediátricos. Também está prevista a abertura do gripário dos Barris, que terá 20 leitos de enfermaria e quatro salas vermelhas (para pacientes mais graves aguardarem regulação para hospitais).


"Caso elas não atendam a demanda, nós temos condições de ampliar ainda nesse Hospital", diz o prefeito. O Hospital Sagrada Família chegou a ter 60 leitos de UTI e 81 de enfermaria em momentos de agravação da pandemia. 

"Espero, diante da queda do número de casos ativos, que essas estruturas sejam suficientes para atender a demanda", diz Bruno Reis.


Até a sexta-feira (2), o percentual de ocupação dos leitos de enfermaria para adultos na cidade chegava a 78%. Dos 120 disponibilizados, 93 estavam ocupados, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde. Já a ocupação dos leitos de UTI (adulto) chegou a 72%, com 86 vagas ocupadas, das 120 disponíveis.


O prefeito afirmou que, para aliviar os leitos, os cuidados precisam ser mantidos e as pessoas devem completar o ciclo vacinal. "Precisamos nos cuidar e nos vacinar. Sem sombra de dúvidas, os números estão assim por causa da vacina. A gente espera que as pessoas possam ir tomar a terceira e a quarta dose para que a gente possa enfrentar mais essa onda na nossa cidade", apelou.


Neste sábado (3), a Prefeitura realiza o Dia D da Vacinação. A estratégia vai disponibilizar 37 salas de vacina, dois pontos fixo e dois drive-thrus, respectivamente, localizados nos Shoppings Bela Vista e da Bahia, além do 5º Centro de Saúde (Barris) e Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos), no subúrbio da capital baiana. A vacinação é contra a covid e contra a Influenza.


Além da abertura de novos leitos no equipamento que atende toda a região da Cidade Baixa, a SMS também ampliou na cidade os pontos de testagens, que passaram a funcionar também na UPA Barris, no Centro de Saúde Maria da Conceição Imbassahy, em Pau Miúdo, e no fim de linha de Brotas. Elas oferecem, no total, 900 testes gratuitos diariamente.

O titular da SMS, Decio Martins, declarou que a gestão está atenta no sentido de ofertar a estrutura necessária para que os soteropolitanos tenham onde se cuidar integralmente em casos com maior gravidade.


 “Estamos atentos ao cenário da covid-19 em nossa cidade para trabalharmos preventivamente, a fim de evitar cenários passados. É importante dispormos desses equipamentos essenciais no cuidado com a doença, entretanto, é de suma importância que todos completem o ciclo vacinal”, detalhou.


Reabertura do gripário

A data de retorno de funcionamento do gripário dos Barris ainda não está definida, mas a administração municipal informou que será o rápido possível.

A unidade situada nos Barris tem 20 leitos de enfermaria e quatro salas vermelhas [para pacientes mais graves aguardarem regulação para hospitais], e foi uma das estruturas com maior movimento durante os picos da pandemia.


O aumento no número de casos de covid-19 em Salvador já vinha sendo apontado como uma possibilidade por médicos e outras autoridades de saúde, por conta das aglomerações típicas do fim do ano e do Verão. Nas primeiras semanas de novembro, cerca de 55% dos testes realizados nas unidades municipais de saúde de Salvador davam positivo para a doença. Nos últimos dias, o percentual caiu para 45%, ainda assim, preocupa e a prefeitura monitora a situação para tomar as medidas sanitárias que sejam necessárias.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.