BEREU NEWS

Estudantes devem ficar atentos às etapas seguintes após divulgação das notas do Enem 2022

Foto: Reprodução/Claudionor Jr.

Após a divulgação da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – uma das principais portas de acesso ao Ensino Superior, já que o desempenho no exame é utilizado para a seleção de candidatos em cursos de graduação de várias instituições do país –, os estudantes devem ficar atentos aos processos seletivos que usam o desempenho como critério de seleção.

Para quem busca o sonho de cursar uma faculdade é importante se atentar para os editais das instituições de ensino e dos programas do governo federal que promovem acesso à universidade, a exemplo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), cujas inscrições começam na próxima quinta-feira (16).

As notas do Enem, divulgadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no último dia 9, possibilitam aos participantes o ingresso no Ensino Superior não só por meio do Sisu, como também através de outras iniciativas do Ministério da Educação (MEC), como o Programa Universidade Para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Para que o estudante possa se inscrever no SISU 2023, o primeiro critério é ter feito o Enem em 2022 e não ter zerado a redação. Os interessados devem fazer a inscrição pelo site do Sisu (https://sisu.mec.gov.br) até 24 de fevereiro.

Na inscrição, é necessário selecionar duas opções de curso. É importante que o candidato fique atento à quantidade de vagas disponíveis por curso e consultar as regras do processo seletivo de cada universidade. As notas de corte (calculadas com base no número de inscritos, as notas e a quantidade de vagas) são divulgadas diariamente, a partir do segundo dia de inscrição. Conforme a nota, o estudante tem a possibilidade de alterar a escolha do curso.

Calendário

De acordo com o calendário do programa, a divulgação do resultado da chamada regular do Sisu será no dia 28 de fevereiro. Os candidatos que não obtiverem nota suficiente para ingressar nos cursos escolhidos terão até 8 de março para manifestar interesse em participar da lista de espera, que será formada pelas vagas que não forem preenchidas na primeira chamada.

Como as chamadas seguintes são anunciadas por cada instituição (e não pelo Sisu), o estudante deverá acompanhar as informações com a própria universidade para a qual está aguardando uma vaga na lista. Ao todo, o governo federal ofertará 222.145 vagas para o ingresso em instituições públicas de Ensino Superior, sendo que a grande maioria é para instituições federais.

Outros programas – Além do Sisu, o estudante que deseja ingressar no Ensino Superior a partir da nota do Enem, poderá concorrer a financiamento estudantil, por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O programa do Ministério da Educação (MEC) tem como critério a participação no Enem e as inscrições acontecem duas vezes por ano, uma no primeiro semestre e outra no segundo.

Outra oportunidade que a nota do Enem oferece é concorrer a bolsa de estudo. É que o exame é também utilizado como requisito para seleção de bolsas integrais e parciais (50%) no Programa Universidade para Todos (Prouni). Diferentes instituições da rede privada aderem ao Prouni, todos os anos. As inscrições para o programa, voltado para candidatos que ainda não tem diploma de curso superior, também são abertas duas vezes por ano

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3