BEREU NEWS

Quarta morte causada por dengue grave é confirmada em Feira de Santana

Quarta morte causada por dengue grave é confirmada em Feira de Santana. Crédito: Divulgação/SMS de Feira de Santana

Adolescente de 13 anos estava intubado, mas não resistiu

Quarta morte causada por dengue grave é confirmada em Feira de Santana. Crédito: Divulgação/SMS de Feira de Santana

Chegou a quatro o número de pessoas que tiveram morte confirmada por dengue grave em Feira de Santana. Neste sábado (8), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da cidade confirmou que um adolescente de 13 anos veio a óbito, mas não deu detalhes da data do ocorrido.

O jovem teve o caso confirmado após a análise das amostras que a Vigilância Epidemiológica encaminhou ao Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen).

A primeira morte por dengue grave no município ocorreu em abril e foi também de um adolescente, de 14 anos, que deu entrada na UPA do bairro Queimadinha apresentando sintomas, como febre e vômito. Ele chegou a receber alta, mas voltou à unidade e teve a piora do caso constatada. O jovem chegou a ser intubado, mas não resistiu.

As duas outras mortes por dengue grave no município ocorreram no mês passado. As equipes dos agentes de endemias intensificaram a eliminação de criadouros do mosquito Aedes Aegypti na localidade em que essas pessoas residiam, a fim de reforçar a proteção dos familiares.


Casos confirmados

De janeiro até o início da última quinta-feira (6), a Vigilância Epidemiológica confirmou 734 casos de dengue. Do total, 8 foram classificados como grave e 111 com sinais de alarme.

A SMS recomenda que os feirenses busquem a unidade de saúde mais próxima para receber orientações caso apresentem febre e, ao menos, mais dois sintomas compatíveis com dengue, a exemplo de dores de cabeça, no corpo ou nas articulações, são consideradas suspeitas da doença.

Nos casos graves, em que aparecem sintomas como dor na barriga intensa e contínua, vômitos persistentes, queda de pressão, sensação de desmaio, aumento do fígado e sangramento das mucosas como boca, olhos e partes íntimas, o paciente deve procurar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou as policlínicas municipais.

Quem precisar realizar o exame para diagnóstico de arboviroses pode se dirigir ao Ambulatório Municipal de Infectologia, localizado na Rua Professor Fernando São Paulo, nº 911, bairro São João. Para ter acesso ao exame, o paciente deve apresentar guia de solicitação, documento de identidade e cartão SUS.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2