BEREU NEWS

Polícia apura se soldado foi morto por colega em Madre de Deus


Policiais militares e civis apuram as circunstâncias que levaram a morte do soldado Romoaldo Oliveira, na noite deste domingo (04/02) em Madre de Deus, região metropolitana de Salvador.

Uma fonte contou ao Informe Baiano que o tiro pode ter partido de outro policial.

“De fato tinham muitos policiais no bloco à paisana, a gente ainda não sabe o que aconteceu. São muitas versões, mas só as câmeras de segurança vão nos ajudar neste momento. Existe uma versão que aponta para uma briga seguida do assassinato”, disse a fonte do IB.

O soldado Romoaldo Oliveira desfilava no bloco ‘Toma Sopa’ quando aconteceu uma confusão. Ele morava em Feira de Santana.

“Foi uma confusão generalizada e ele apareceu caído ao solo com a arma na mão. O policial era novo, técnico e do Peto. Era policial porque gostava mesmo”, concluiu.

A vítima chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu) e seria transferida de helicóptero para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não deu tempo.

O soldado também era engenheiro civil. Segundo os colegas, era uma pessoa bem sucedida e estava na corporação porque o sonho dele era ser policial. Romoaldo deixou esposa e filho.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3