Header Ads

OAB abrirá processo contra conselheiro que sugeriu fuzilamento a Lula

Comentário foi feito em um grupo de Whatsapp com cerca de 160 integrantes

A Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais (OAB-MG) informou, nesta sexta-feira, 7, que irá abrir um processo disciplinar contra o conselheiro Eliseu Marques por comentários em um grupo de Whatsapp, onde ele afirmou que o ex-presidente e candidato ao governo federal Lula (PT) deveria ser "fuzilado".

“A OAB-MG destaca que o conteúdo desta mensagem não é compatível com os princípios e os valores que a instituição defende. Por isso, providências serão tomadas para apuração da conduta do conselheiro no âmbito ético disciplinar”, disse a entidade, em nota.

O comentário foi feito em um grupo com cerca de 160 integrantes, entre eles, o próprio presidente da seccional da OAB em Minas, Sérgio Leonardo, de acordo com informações da colunista Malu Gaspar.

Entre suas considerações, a entidade disse ainda que “não admite qualquer atitude que contenha discriminação, preconceito, incitação a violência ou discurso de ódio”.

“Este bandido (Lula) tinha que ser fuzilado a exemplo de outros que deveriam ter o mesmo fim”, escreveu Eliseu Marques, segundo informações obtidas pela coluna.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.