BEREU NEWS

PF prende coronel, capitão, tenente e major em nova fase de operação contra atos golpistas

Coronel Jorge Eduardo Naime Barreto foi preso nesta terça-feira (7) - PMDF


A Polícia Federal (PF) prendeu um coronel, um capitão, um tenente e um major da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), nesta terça-feira (7), durante a quinta fase da Operação Lesa Pátria, que mira suspeitos de envolvimento nos atos criminosos de 8 de janeiro, na capital federal.


Os policiais investigados na ação são suspeitos de não cumprirem ordens de comando durante os ataques contra as sedes dos Três Poderes. A Corregedoria da Polícia Militar está acompanhando a operação. Eles serão encaminhados a estabelecimento prisional militar da PMDF, conforme determinação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Nesta quinta fase da ação policial, foram expedidos 10 mandados pelo Supremo Tribunal Federal (STF): três de prisão temporária, um de prisão preventiva e seis de busca e apreensão.

O alvo do mandado de prisão preventiva é o coronel Jorge Eduardo Naime Barreto, que, no dia 8 de janeiro, era chefe do Departamento Operacional da Polícia Militar do DF (PMDF). Ele é suspeito de omissão nos atos de 8 de janeiro e alvo também de busca e apreensão. O coronel estava de licença no dia dos ataques, mas, para os investigadores, o distanciamento seria proposital para não incriminá-lo.

De acordo com o balanço da PF, antes das prisões desta terça (7), já foram presos nesta operação 16 pessoas e cumpridos 31 mandados de busca e apreensão.

Os investigados são acusados dos crimes de “abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido”, informou a PF.

Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem

Publicidade 2

BEREU NEWS

Publicidade 3